Papada do pescoço: existe algum tipo de tratamento sem cirurgia?

Papada do pescoço: existe algum tipo de tratamento sem cirurgia?

A resposta é sim! O primeiro passo antes de determinar qual o tratamento mais indicado é realizar um diagnóstico primário de como está a angulação do mento e da mandíbula do paciente.

Quando o paciente apresenta pouco mento e pouca angulação de mandíbula, um dos tratamentos mais indicados é aumentar ou equilibrar a região facial em relação ao restante do rosto. Isso pode ser feito através de Preenchimento com Ácido Hialurônico, tanto na região do queixo, quanto nos ângulos da mandíbula.

Já o paciente que apresenta uma pele de boa qualidade e também um pouco de excesso de gordura na região mais superficial, pode ser recomendado tratamento com Ácido Deoxicólico, que consegue fazer o consumo dessa gordura e, consequentemente, melhorar o aspecto da região da papada.
Destaco que tanto o tratamento com Ácido Hialurônico, quanto com o Ácido Deoxicólico estão indicados apenas para pacientes com casos simples ou moderados.

Confira o vídeo!

Lipoaspiração do Pescoço (papada)

Lipoaspiração do Pescoço (papada)
Qual a principal causa da papada?
A papada pode ter diversas causas. Desde apenas um simples acúmulo de gordura na porção superficial do pescoço, até a frouxidão e alargamento dos músculos cervicais.
Qual o principal cuidado antes do tratamento da papada?
O principal cuidado a ser tomado antes de indicar qualquer tratamento, é fazer o diagnóstico correto de cada caso. A principal causa da papada normalmente é o acúmulo de gordura superficial em cima do músculo platisma do pescoço. Quando o acúmulo é abaixo do músculo existe a necessidade de realizar uma cirurgia para retirada.
Quando se faz uma lipoaspiração na papada?
Quando o acúmulo de gordura superficial está acima do músculo platisma do pescoço uma simples lipoaspiração superficial já resolve o problema normalmente.
Confira o vídeo e saiba mais sobre o assunto!

Rejuvenescimento facial: como fazer a reposição óssea?

Rejuvenescimento facial: como fazer a reposição óssea?

Nesse vídeo vamos mostrar quais são os outros pontos da face que sofrendo com o processo de envelhecimento pode melhorar ou dar um aspecto mais jovial ao rosto quando corrigidos.

Esses pontos complementares são a fossa temporal, fossa canina e a região do mento e outras regiões da mandíbula.

A associação da correção de todos os defeitos da porção óssea vão garantir uma melhor estruturação do rosto o que consequentemente vai dar mais suporte e maior jovialidade e beleza a face como um todo.

Reposição de perda óssea

Reposição de perda óssea

Nesse vídeo podemos entender como se faz o processo de reposição das perdas estruturais ósseas utilizando preenchimentos faciais.

Normalmente se dá preferências pelo ácido hialurônico, mas existem ainda outros produtos que podem ser utilizados como bioestimuladores e produtos mistos.

O principal alvo do tratamento vai ser repor as perdas ocorridas de osso das sobrancelhas, maçãs do rosto, ao redor do nariz, no queixo e na linha do maxila, responsáveis pelos principais sinais de envelhecimento do rosto.

Portanto devem ser o alvo inicial de qualquer tratamento que tenha o objetivo de melhorar o aspecto do rosto e deixá-lo mais atraente e jovial.

 

Como fazer uma análise facial?

Como fazer uma análise facial?

Ao analisar a transformação que ocorreu na face do paciente percebemos a mudança na estrutura óssea e das camadas gordurosas da face.

Assim o tratamento proposto deve ser feito para compensar e repor todas essas perdas que aconteceram com o tempo.

Depois que se faz a reposição dos pontos de estrutura óssea a segunda grande preocupação é a reposição das camadas de gordura que dão volume aos tecidos moles.

No caso dessa figura ilustrativa as imagens em azul são os pontos ósseos e em amarelo mostram as áreas onde se localizam as camadas de gordura e como ocorre a lógica de reposição.

Assista ao vídeo e saiba como é feita a análise da face.

 

Análise Facial Parte 2

Análise Facial Parte 2

Nesse segundo vídeo da análise facial antes de realizar os tratamentos de preenchimento facial, vamos analisar a reposição das camadas de gordura da face.

Depois que houve a reposição dos pontos de estrutura óssea da face, a segunda grande preocupação é a reposição das camadas de gordura que dão o suporte aos tecidos moles.

No caso dessa figura ilustrativa, as imagens em amarelo mostram as áreas onde se localizam as bolsas de gordura e como ocorre a lógica de reposição.

Quando se leva em conta todos esses parâmetros antes de repor volume, conseguimos embelezar a face evidenciando pontos onde se quer mais relevância e aumentando as chances de sucesso de cada procedimento.

Assista ao vídeo e entenda melhor sobre o assunto!